Feliz é fado do puro inocente. Esquecida pelo mundo que ela esqueceu…


Sonhos
janeiro 3, 2009, 3:14 am
Filed under: Uncategorized | Tags: , , , , , , ,

E os sonhos oque sao?
Talvez vontades, desejos de uma parte de nos que eh incapaz de conhecer o medo, o conformismo e continua a acreditar que o ser ainda eh capaz de estar inteiro novamente.

Como a grande maioria das pessoas, eu passei por muitos momentos decepcionantes, conheci muitas pessoas que gostaria de apagar da minha mente. Esquecer que um dia acreditei que poderia ser amigo de todos e falar a verdade para todos.
A verdade doi. A inteligencia em certa altura, nos nos apresenta o esquecer voluntario. Quanto mais inteligentes, menos percebemos a dor, a negligencia, a ignorancia do mundo a nossa volta, e principalmente a nossa inocencia.
Eu escolhi esquecer.
Nos colocaram em casinhas brancas, simples e bonitas, nos deram uma funcao, nos forneceram um sentido, nos tornaram cidadaos. Pra que? Porque?
O pensamento eh o fenomeno de ser capaz de fazer escolhas, mas na verdade, oque escolhemos em nossa vida?
Oque assistimos? Oque comemos? Com quem andamos? Quem casamos? Onde viveremos? Quem realmente escolhe alguma coisa? Na melhor das hipoteses, apenas seguimos o nosso exemplo mais bem sucedido. Cade escolha? Cade criacao? Cade o novo? Cade a VIDA?

Jogamos no lixo oque temos de mais precioso na vida, nossa capacidade de pensar, de decidir oque faremos da nossa vida, para viver ao relento do acaso, apenas por uma coisa:
“Seguranca de saber que assim, evitando escolher, a culpa nao eh nossa.”
Mas eh. A culpa eh nossa. A culpa eh minha.

E oque eu quero, oque eu sonho?
Acho que nao sou mais capaz de tal coisa, a igreja fez bem seu trabalho em 2000 anos.
Na verdade, acho que a parte mais triste, eh olhar em volta e ver que todas as pessoas que eu conheco sao assim, sem esperanca em si mesmas. Vivendo ao acaso. Moribundos, mortos-vivos. Ainda sao apegadas ao seu personagemzinho social, mas a chama da vontade jah nao existe mais em ninguem; Sao apenas o carvao da maquina. Exatamente… como… eu…

Anúncios